quarta-feira, 12 de agosto de 2009

JESUS CRISTO (EXEMPLO)




Sob o pesado madeiro
Envolto a enorme multidão de pensamentos perversos
O enviado de nosso pai maior
Caminhava entre passos vacilantes

Cabeça, mãos,
Pés; corpo todo ensangüentado!
Mas com face tranqüila e olhar sereno
Continuava o mestre
Firme em sua missão

Sofria o mensageiro, com o coração rasgado!

Coração cheio de paz e luz
Coração amigo.
Coração irmão de toda humanidade
Coração amigo ate mesmo dos ditos inimigos.

Fora traído e abandonado
Pelos amigos discípulos.
Sem magoas
Seguia em frente
Para terminar o que na terra veio fazer.

O que pensava será o devoto enviado de deus naquela hora extrema?...

Madeira, sangue, dores...

E ele seguia seu caminho de pedras.
Semblante tranqüilo... Forças e fé... Vindas do pai!

Ali, visível aos olhos humanos,
Parecia somente sofrimento.
Mas ele sabia!... Sabia de todos os anjos em sua volta,
Sabia que a fé move montanhas... Sabia que deixaria o que trouxe lá de cima...
Sabia que a missão destinada ao encarregado divino
Completar-se-ia.

Sabia de deus em seu coração e de todos nós... Sabia que o corpo morreria...
Sabia para onde a alma iria! A hora era chegada!
Pensava sereno! O consolador enviado!

E depois, no momento final,
Rogou ao pai, com caridade, que perdoassem a todos.
Porque realmente não sabiam o que faziam!
E assim, repleto de luz, subiu acima dos céus.
Para o grande encontro com o pai!


05/08/2009 23h50min h